domingo, 14 de junho de 2015

E se os super-heróis existissem no nosso mundo?









Por Davi Paiva



            Quem nunca fez a si mesmo a pergunta no título, não é mesmo?
            E se não fez, por que não parar para pensar?



            Veja bem, caro leitor: Galileu já dizia que um mundo que precisa de heróis é um mundo triste por depender de tal tipo de pessoa. E cá entre nós, vivemos em um lugar caótico: religiosos consideram sua crença como a única verdade, políticos governam em prol dos interesses das grandes empresas, o povo não se une para nada senão rir da desgraça alheia ou prejudicar o azarado que estiver mais perto. Há miséria, corrupção e a diferença entre compreender e concordar está cada vez mais esquecida.


            Então sim: o nosso mundo precisa de heróis. Pessoas íntegras, de atitudes exemplares e que não precisam ser necessariamente aqueles que nos colocaram no mundo.
            

 O século XX nos trouxe novas mídias onde personagens com habilidades sobre-humanas ou dons fantásticos brilharam: de Flash Gordon a Luke Skywalker, de Mario a Kratos, de Fantasma a Spawn... Conhecemos todo o tipo de sujeito que, segundo Joseph Campbell, deu a vida por algo maior que ele mesmo.


            Mas daí eu volto para a questão para pensarmos: e se o Superman existisse? Como seria viver em um mundo com um Batman? Viajar para os EUA seria seguro ou arriscado, sabendo que há tantos vilões por lá? E por que viver em locais como a Latvéria?


           
            A proposta do Detonerds é pensarmos um pouco diferente. E como organizador de uma antologia de contos sobre pessoas com dons extraordinários (link aqui): posto aqui umas opiniões e abro a pauta para debates: comentários, mensagens inbox de Facebook (meu perfil: aqui) ou comentários nas postagens de divulgação serão tão bem-vindas quanto as mensagens de gente mal educada serão ignoradas. Ok?
            Então vamos começar.



            Deuses, semideuses e alienígenas.

 
            Só a existência de seres como um Superman, Mulher Maravilha ou Thor já colocaria no chão as nossas perguntas “estamos sozinhos no universo?” e “deus existe?”.


            A nossa sociedade e a forma como pensamos e vivemos seria totalmente alterada. Se só a existência de um filme como Star Wars já gerou a existência de uma nova religião, o Jediísmo, o que dirá a existência de seres belos, fortes e superpoderosos que vieram de outras galáxias/dimensões? Não seria surpreendente se alguém fizesse o Templo de Krypton ou passassem a reconhecer a mitologia nórdica como a única religião verdadeira.


                                                                     
                                                                     "Gods among us"
                                                         


 
            Por outro lado, seres como esses seriam os mais perseguidos para serem desacreditados: de um Thor que dá apoio ao sistema de reinado de seu pai e considerado um inimigo da democracia até uma Mulher Maravilha “despudorada”, não creio que eles seriam tão heroicos. Na verdade, seriam mais vilões que seus inimigos...


            Heróis ricos



                                    O maior de todos os poderes: o poder aquisitivo!
           
         
   Aqui eu penso em personagens como Batman, Arqueiro Verde, Homem de Ferro e quaisquer outros com capacidades humanas seriam explorados até as últimas conseqüências pelo governo.

            Pensem comigo: em uma cidade infestada de criminosos, um homem sem superpoderes lida contra quadrilhas ou vilões com habilidades fantásticas. Ele obtém informações de sites da Interpol, CIA ou FBI, invade locais sem mandatos, agride fisicamente ou tortura criminosos para obter informações e faz uso de métodos investigativos com quase 100% de eficácia. Aí fica a questão: como seria ter um Batman como agente secreto?

 
            Caso o herói não quisesse trabalhar para o governo de forma pacífica, com certeza ele seria coagido de todas as formas possíveis: uma cidade importante e populosa como Nova York não abrigaria um Tony Stark. Com suas armaduras com poder de fogo igual ou superior a de muitos aviões militares, ele teria que pagar impostos absurdos por porte de armas criadas, veria suas patentes sendo quebradas por leis aprovadas rapidamente e teria que dar satisfações de cada backup que fizesse em suas armaduras. Sem contar o desgosto que seria vê-las sendo usadas por soldados contra os inimigos dos EUA...


            Cientistas
            Reed Richards, Hank Pym, Ray Palmer são personagens mais reconhecidos pela sua genialidade do que pelos seus poderes reais. Isso é um fato incontestável.
           


                                                  
                                                   A inteligência é um poder e tanto!



                De qualquer forma, em um mundo como o nosso, mentes tão brilhantes seriam contratadas a peso de ouro para resolver os grandes problemas da humanidade: Reed Richards teria que inventar algum aparelho multiplicador de alimentos para acabar com a fome, ao passo que Hank Pym seria responsável por alguma forma de erradicar as grandes doenças no mundo e quem sabe, Ray Palmer inventaria algum dispositivo capaz de dispersar aglomerações sem causar danos graves...

            Enfim, seres de intelecto superior são requisitados para resolver problemas que as pessoas não conseguem resolver ou não podem solucionar sem uma voz de comando sensata. Não foi assim que Martin Luther King ganhou um Nobel da Paz?

          

  Mutações (naturais ou não)

            Não importa se é uma pessoa comum que ganhou poderes como um Homem-Aranha ou qualquer um dos X-Men: as chances de um “herói resultado de uma mutação” virar um rato de laboratório é quase 100%.

            Pensem bem: uma equipe de soldados com capacidade de prever o perigo iminente seria tão letal quanto o exemplo do Batman que eu dei anteriormente. Somando isso a um fator de cura ou até mesmo a capacidade de controlar o tempo climático, teríamos a própria revolução da forma em que vivemos e pensamos sobre o mundo. Criaríamos os nossos próprios deuses... ou não. Pois como eu já disse anteriormente, a primeira coisa que faríamos ao encontrar um deus seria desacreditá-lo.

           

 Considerações finais

            Eu não quis levar em consideração a ciência por trás dos quadrinhos e jogos para não criar um artigo complicado demais para ler. Deixo de lado toda a energia para fazer um homem voar e o resultado da reestruturação de um DNA e queria que pensassem um pouco sobre a seguinte situação: vale a pena ter um poder no mundo em que vivemos?

            Obrigado a todos (as).

           

4 comentários:

  1. Gostei da matéria, cara sempre pensei como seria um mundo com super-heróis, e com certeza seria tudo movido por ganância e sede de poder. Infelizmente essa é a realidade. Mais acredito que poderes de super-heróis como Capitão América e Homem de ferro podem ser reais daqui a alguns anos, pena.que.vai ser como sempre, servi a interesses políticos e gananciosos e não pra justiça e o bem de todos!

    ResponderExcluir
  2. Muito bom, parabéns!

    baudoarquimago.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Eu queria ser uma heroina pra poder ajudar as pessoas, não por fama ou dinheiro.
    Esses dias eu assisti Logan, nossa, AMEI, mas é muito triste o final e mais ou menos o meio. Já pensou tá acontecendo um roubo, sei lá, um exemplo, aí a polícia demora pra chegar né, e você tá lá vendo, o que você iria fazer:
    a) Sair de lá.
    b)Colocar seu traje para não ser reconhecido(a).
    c)Correr até lá e salvar a pessoa a tempo.
    Bom, eu escolheria a C, porque vai que não dá tempo deu colocar o traje.
    Se você pudesse escolher apenas um poder de algum herói do X-men, qual você escolheria? Escrevam aqui.
    Eu escolheria o da filha do Logan, Laura.

    ResponderExcluir
  4. Eu queria ser uma heroina pra poder ajudar as pessoas, não por fama ou dinheiro.
    Esses dias eu assisti Logan, nossa, AMEI, mas é muito triste o final e mais ou menos o meio. Já pensou tá acontecendo um roubo, sei lá, um exemplo, aí a polícia demora pra chegar né, e você tá lá vendo, o que você iria fazer:
    a) Sair de lá.
    b)Colocar seu traje para não ser reconhecido(a).
    c)Correr até lá e salvar a pessoa a tempo.
    Bom, eu escolheria a C, porque vai que não dá tempo deu colocar o traje.
    Se você pudesse escolher apenas um poder de algum herói do X-men, qual você escolheria? Escrevam aqui.
    Eu escolheria o da filha do Logan, Laura.

    ResponderExcluir